Saco em tela com logótipo

Impressão têxtil sustentável com soluções digitais

Todos estamos a fazer a nossa parte na proteção do planeta - a reduzir o consumo de energia, a eliminar os desperdícios, a reutilizar e a reciclar, pois sabemos que é a coisa certa a fazer. Somos cada vez mais aqueles para quem isso significa fazer escolhas ponderadas sobre os produtos e serviços que adquirimos, tendo em conta as credenciais ecológicas de uma marca antes de tomarmos uma decisão, seja relativamente ao carro que conduzimos ou ao café que bebemos.

Os clientes da impressão não são diferentes; e apesar de os fornecedores estarem sujeitos a uma grande pressão legal para garantirem uma operação sustentável, a influência do consumidor consciencioso é mais forte que nunca.

O desafio ambiental com que o setor têxtil é confrontado

Durante décadas, as intensas exigências sentidas no setor têxtil relativamente a uma produção em massa contínua a alta velocidade, levaram a que os processos de impressão tradicionais não fossem necessariamente concebidos a pensar na poupança de energia ou na reciclagem.

No mundo atual, o modelo de produção em massa é incompatível não só com as necessidades do planeta, como com as rigorosas diretivas globais e, cada vez mais, com as exigência dos nossos clientes e as nossas próprias exigências. Numa era de produção com poupança de energia, por encomenda e personalizada, qual é o desafio para o setor têxtil e o que é que podemos fazer?

Num recente artigo da FESPA, a impressão em tecido tradicional esteve em destaque pela pegada de carbono deixada, e os valores da respetiva pegada de produção não são melhores: “Uma máquina de serigrafia rotativa tradicional a imprimir 12 cores em 3,6 metros de largura, com um secador a vapor ou gás, preparação da cor automática e zona de lavagem, irá ocupar mais de 465 metros quadrados de espaço na fábrica”. Estes números não são animadores.

Mas há mais. O consumo de água e tinta, e os respetivos desperdícios, constitui outro problema. A FESPA informa que a produção têxtil consome uma estimativa de 79 mil milhões de metros cúbicos de água potável todos os anos; e calcula-se que origine cerca de 20% da poluição industrial da água a nível mundial.

O caso da impressão digital

Quando se analisam as estatísticas da FESPA e se comparam com um cenário semelhante utilizando tecnologia de impressão digital, os argumentos a favor da impressão digital tornam-se convincentes. Em vez dos cerca de 465 metros quadrados necessários no cenário tradicional acima descrito, a máquina de impressão digital, utilizando os mesmos componentes para um trabalho semelhante, necessita de menos de 37 metros quadrados. E em vez dos 540 kg de tinta, uma impressora digital irá usar apenas 90 kg para o mesmo volume de impressão. A FESPA calcula que este cenário “implique uma poupança de água de 600% por parte da impressora têxtil digital.”

Estas são claramente estatísticas convincentes. E se os dados acima indicados constituem argumentos fortes a favor da impressão digital, então são igualmente fortes os argumentos para escolher a Roland DG quando se trata dos melhores dispositivos a adotar.

Impressora Roland DG com tintas INKU amigas do ambiente

Como as impressoras têxteis digitais Roland DG ajudam

O compromisso da Roland DG com a sustentabilidade é já antigo. Desde a produção com emissões neutras de carbono até às tintas amigas do ambiente, pode confiar nas nossas impressoras para cumprir os seus próprios objetivos de sustentabilidade.

  • Pegada de carbono mais baixa possível

    Todas as instalações de produção da Roland DG foram concebidas para proporcionarem zero emissões de carbono. Também tomámos medidas no sentido de garantir que tanto os componentes do dispositivo como a embalagem são recicláveis.
  • Tintas amigas do ambiente

    O desenvolvimento de tinta amiga do ambiente constitui uma prioridade para nós e fazemos um esforço consciente para reduzir o uso de químicos controlados. O nosso objetivo é criar uma tinta que supere os  padrões de sustentabilidade, ao mesmo tempo que se mantém a qualidade excecional que os nossos clientes esperam. E mais, a embalagem dos nossos tinteiros reduz significativamente o nosso impacto ambiental.
  • Software inteligente para maximizar a eficiência

    O software que desenvolvemos para todos os nossos dispositivos foi concebido para maximizar a eficiência. Significa que o consumo de tinta e de energia nunca é maior que o necessário; e as impressoras minimizam  a quantidade de água e energia que utilizam.
  • Compromisso com a qualidade e a fiabilidade

    No âmbito dos processos do nosso Sistema de gestão, a Roland DG implementou um Sistema de gestão da qualidade (QMS), que demonstra o nosso compromisso com a produção de artigos fiáveis  e de elevada qualidade, o que se reflete nas nossas certificações ISO . Mesmo as nossas tintas foram especialmente concebidas para assegurarem designs com elevados níveis de detalhe, cores intensas e permanentes. Também já deram provas de conseguir um excelente desempenho nos testes de lavagem comerciais. Isso significa que não só os nossos produtos foram feitos para durar, como o mesmo acontecerá com tudo o que imprima com eles.

Ajudar a atingir os seus objetivos de sustentabilidade

Os consumidores estão melhor informados e cada vez mais à espera de produtos que sejam ecológica e socialmente aceitáveis – até ao nível da roupa que vestem. Mas continuam a querer produtos de qualidade e individualizados. As empresas que superarem este desafio serão as vencedoras. Ao fornecer soluções eficazes, eficientes e flexíveis a preços razoáveis, a Roland DG pode ajudar as empresas a fazerem uma transição para uma impressão têxtil mais ecológica tão facilmente, que a sua organização pode estar a ajudar o planeta sem que se aperceba.

Conheça melhor os nossos produtos têxteis; a ZT-1900 para impressão têxtil de escala industrial, a XT-640S-DTG para impressão diretamente no vestuário com múltiplas estações e a XT-640S-F para a impressão de peças de vestuário e tecidos.