Imprimir imagens em acrílico com tinta UV branca

Como usar a tinta branca para potenciar as suas ilustrações

Quando se lança na impressão digital, a tinta de base que irá usar será CMYK. É ideal para imprimir em superfícies brancas, como vinil adesivo ou lonas. À medida que o seu negócio cresce, não tardará até que um cliente lhe peça ilustrações para montras.

Com este sistema também pode imprimir em películas transparentes para montras, mas vai aperceber-se que o resultado não é o mesmo. Como a tinta UV ou CMYK solvente é semitransparente, haverá uma clara perda de vitalidade quando aplicada em material transparente. E é aqui que a tinta branca se torna útil.


Na imagem: Para fotos em peças de acrílico, a tinta CMYK é impressa no reverso e coberta por uma camada branca.

Imprimir em substratos transparentes

Como vimos, não é possível alcançar cores vibrantes num material transparente utilizando apenas tinta CMYK. É possível cortar formas em vinil branco e aplicá-las nas áreas relevantes, mas é uma tarefa complexa e demorada.

Se utilizar um dispositivo que inclui um canal de tinta branca pode imprimir estas áreas brancas com precisão e com a mesma facilidade com que imprime qualquer outra cor. Para isso só precisa de especificar uma cor direta no seu ficheiro de projeto, geralmente numa camada separada do trabalho artístico. O RIP irá reconhecer isto e interpretá-lo como tinta branca que precisa de ser impressa.

Dependendo da aplicação, pode pretender imprimir a tinta branca primeiro como uma base para a sua camada de CMYK. Em alternativa, pode imprimir primeiro os dados em CMYK, depois cobrilos com uma camada de tinta branca – este processo é usado normalmente ao imprimir tinta UV em blocos de acrílico, nos quais a foto se encontra na parte de trás do substrato.

Opacidade variável no design

Além do fluxo de trabalho mais rápido e mais preciso, há ainda mais uma grande razão para usar tinta branca em vez de uma máscara de vinil branco separada. Incluir as áreas brancas como dados de impressão oferece-lhe uma maior flexibilidade no design do produto final.

Se estiver a produzir, por exemplo, ilustrações para a montra de uma loja, pode não querer bloquear na totalidade a visibilidade em toda a obra – talvez precise de destacar apenas os elementos de texto na ilustração. Neste caso, pode definir muito especificamente que áreas devem ser reforçadas com tinta branca e que áreas devem ter um efeito semitransparente.

Isto garante que o texto é claramente visível e que se destaca do restante desenho e que os outros elementos podem ser vistos sem ofuscar por completo a visualização dos produtos no interior da loja.


Na imagem: Personalizar objetos escuros ou coloridos é mais fácil com tinta branca

Imprimir em superfícies escuras

Pode também precisar de imprimir em substratos escuros ou coloridos para diversas aplicações. Neste caso, imprimir um decalque em vinil recortado pode ser uma opção satisfatória, mas aumenta o tempo de produção e reduz a margem de erro. Imprimir diretamente no substrato não só é mais rápido e mais infalível, mas também produz um resultado mais limpo e profissional.

Como a tinta CMYK é semitransparente, a impressão direta num material escuro ou colorido irá resultar numa cor misturada, sendo visível a sombra do substrato. Usando tinta branca, pode criar uma superfície branca sob a tinta CMYK, garantindo que a imagem aparece conforme deseja, sem ser ofuscada.

Isto também é útil ao imprimir diretamente em objetos sólidos no caso da impressão UV. Quer precise de imprimir pequenos itens promocionais, como pens USB, ou itens maiores como invólucros de componentes eletrónicos, nunca é possível garantir que o item será de cor branca. Para aplicações como estas, a tinta branca é essencial para garantir que consegue responder a qualquer pedido do cliente.


PREPARE O SEU NEGÓCIO PARA O FUTURO

Faça download do nosso guia para preparar a sua empresa para as novas tendências.

FAZER JÁ O DOWNLOAD 


Coisas importantes a saber sobre a tinta branca

Para alcançar as suas propriedades únicas, a tinta branca é formulada de forma diferente da tinta CMYK. Geralmente contém partículas microscópicas suspensas que permitem um acabamento opaco. Por isso, qualquer dispositivo que inclua tinta branca também inclui um sistema que agita ou faz circular a tinta. Esta mantém a densidade consistente da tinta e evita a sedimentação ou obstrução.

Ao escolher um dispositivo capaz de imprimir tinta branca, uma das coisas mais importantes a considerar é a opacidade da tinta branca. Pode sentir-se tentado a optar por um sistema mais barato com tinta menos opaca, mas a longo prazo será mais dispendioso. Isto porque serão necessárias várias passagens de tinta branca para alcançar a opacidade pretendida, o que significa que usa mais tinta e demora mais a produzir a sua ilustração.

A tinta de elevada opacidade permite-lhe produzir um bloco sólido de tinta branca com uma única passagem sem influenciar negativamente o seu fluxo de trabalho.

Conclusão

Muitas empresas de impressão funcionam bem sem precisar de usar tinta branca. Se pretende dar mais opções aos seus clientes e ser mais flexível nos tipos de produtos que oferece, a tinta branca de elevada opacidade pode fazer uma grande diferença para a sua reputação enquanto vendedor e, por fim, ajudá-lo a gerar mais lucro para o seu negócio.

Se gostaria de saber mais sobre as opções de impressão com tinta branca, entre em contacto connosco e fale com um especialista sobre o rumo que pretende dar ao seu negócio.